Santarém: Projeto da casa de acolhimento Reviver receberá investimento social de R$300 mil

Santarém está entre os 42 municípios brasileiros aprovados no Edital do Fundo da Infância e da Adolescência (FIA), realizado pelo Itaú Social. A cidade deverá receber o investimento de R$300 mil para melhorar o processo de acolhimento de crianças e adolescentes.

O Projeto “Acolher para Proteger” da Casa de Acolhimento Reviver (abrigo municipal) foi o aprovado. É uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtras). Os valores serão repassados por meio dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCAs).

“Esse recurso será destinado para melhorar o processo de acolhimento de crianças e adolescentes na Casa de Acolhimento Reviver, melhorando o processo do acolhimento e qualificando cada vez mais essa política para que essas crianças tenham seus direitos garantidos e suas vidas ressignificadas com um novo projeto de vida”, afirmou Roselene Andrade, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. 

Sobre o Fundo

O Itaú Social irá destinar cerca de R$ 10,74 milhões para iniciativas de apoio a projetos que contribuam para a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes de todas as regiões do Brasil em 16 estados. 

Os recursos disponibilizados para o Edital são provenientes do Programa IR Cidadão, que destina 1% do imposto de renda devido das empresas do Conglomerado Itaú Unibanco Holding S.A.  Em outra frente, o Itaú Social estimula os colaboradores do Itaú a realizarem a destinação de até 6% de seu imposto de renda devido aos Fundos da Infância e da Adolescência (FIAs).

Informações e foto: Ascom/Prefeitura de Santarém

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.