Trotes ao SAMU prejudicam serviço em Santarém

O número de trotes recebidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) nos últimos dias virou caso de polícia em Santarém. Só ontem (13), as equipes de resgate receberam cerca de 20 trotes da mesma pessoa.

O indivíduo dizia que um acidente havia ocorrido em um determinado local da cidade e pedia socorro para os feridos, mas a ligação não passava de uma brincadeira de mau gosto para atrapalhar o trabalho de quem salva vidas.

Em entrevista à TV Ponta Negra, o coordenador do Samu em Santarém, enfermeiro Joziel Colares, informou que um boletim de ocorrência foi registrado na delegacia para identificar e penalizar o autor da mentira. Passar trote aos serviços de emergência é um crime previsto no Código Penal.

O prejuízo causado no serviço é incalculável. Quando uma pessoa liga para o SAMU, o atendente faz uma triagem das ocorrências e as encaminha para os médicos de plantão, que já começam o atendimento por telefone. Quando se trata de um trote, todo o trabalho é perdido. Vítimas reais podem deixar de ser atendidas, porque os profissionais estão com as linhas ocupadas devido a brincadeira mentirosa. A situação é ainda pior quando uma ambulância é deslocada para o local.

Fonte e foto: Marcelo Silva/Rota5

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.