Pará reforça fiscalização de embarcações no rio Amazonas 

A medida tem o objetivo de fazer com que o Decreto 1.273/2020, assinado pelo governador do Estado, Helder Barbalho, seja cumprido. O documento proíbe a circulação de passageiros entre o estado do Amazonas e Pará, a fim de impedir a proliferação da Covid-19.

As forças de segurança intensificaram a fiscalização, que ocorre 24h por dia, em Santarém, Juruti, Terra Santa, Faro, Óbidos e Oriximiná. A ação é uma operação conjunta das polícias Civil e Militar, Grupamento Fluvial de Segurança (Gflu), Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) e as forças especializadas do Grupamento Tático de Operações (GTO) e do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA).

A decisão de reforçar a fiscalização ocorreu depois que uma embarcação, que fazia a rota Manaus-Santarém, desembarcou na cidade paraense com um passageiro apresentando sintomas graves de Covid-19. Depois do resgate do passageiro infectado, o barco precisou ficar em quarentena por algumas horas, enquanto todos os outros passageiros e tripulantes passaram por triagem e entraram em isolamento social.

O Amazonas, que faz fronteira com o Pará, enfrenta colapso na saúde com falta de leitos e insumos básicos nos hospitais.

Fonte e foto: Agência Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.