Internação em UTI cresce 41% no Hospital Regional do Baixo Amazonas

No ano marcado pela pandemia do novo coronavírus, o número de internações na UTI do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) aumentou em 41% na comparação com 2019. Das 1.153 internações na Unidade de Terapia Intensiva, 671 foram relacionadas à Covid-19.

Com índices maiores de atendimento, os números de exames também cresceram. Somente o procedimento de tomografia obteve aumento de 55% na comparação entre 2020 e o ano anterior.

Ao todo, duas mil pessoas com sintomas de Covid-19 receberam atendimento e 700 foram recuperadas, entre elas, muitos profissionais da saúde.

Paciente recuperada da covid-19 é recebida com emoção pela mãe – (Foto Comunicação Pró-Saúde)

Os dados são do HRBA, que criou um comitê responsável pela elaboração de estratégias para o enfrentamento ao novo coronavírus.

Para enfrentar a pandemia, 30 novos leitos para atendimento exclusivo de casos da Covid-19 foram criados e outros 22, já existentes, foram destinados para esse atendimento, totalizando 52 leitos de UTI.

“Durante toda a pandemia tivemos a missão de conciliar a assistência à Covid-19 com todas as demais especialidades cirúrgicas e clínicas ofertadas pelo HRBA. A nossa estratégia de atendimento envolveu a capacitação de profissionais, abastecimento da unidade com insumos e desenvolvimento de protocolos internos que garantiram a manutenção dos serviços no hospital durante todo o ano da pandemia”, explica o diretor Hospitalar, Hebert Moreschi.

A unidade foi um dos hospitais selecionados pelo Ministério da Saúde e Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) com atendimento também voltado aos casos graves da doença.

Fonte e foto destaque: Foto Comunicação Pró-Saúde

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.