Pará recebe pacientes do Amazonas para tratamento de Covid-19

Ao todo, o Pará já recebeu seis amazonenses. Quatro pacientes com Covid-19, em estado grave, foram transferidos do Amazonas até a capital paraense na terça-feira (19). São três mulheres e um homem, que foram levados para as Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Hospital de Campanha, instalado no Hangar, em Belém. 

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) veio de Parintins, local de origem dos pacientes, e pousou na Base Aérea de Belém. No início desta semana (18), duas mulheres já haviam sido transferidas.

De acordo com o secretário adjunto da Sespa, Sipriano Ferraz, a situação da pandemia na Região Metropolitana de Belém é estável e a retaguarda de leitos no Hangar permitiu o auxílio ao estado vizinho.

O Governo do Estado do Amazonas enfrenta problemas no abastecimento de oxigênio na rede hospitalar. No último dia 14 de janeiro, a média móvel de mortes havia aumentado em 187% e os hospitais lotados não tinham oxigênio para todos os pacientes internados com a doença.

O Pará disponibilizou 40 leitos aos pacientes amazonenses. São 20 leitos clínicos e 10 de UTI, no Hospital de Campanha de Belém; e mais 10 leitos de UTI neonatal na Fundação Santa Casa, em Belém. 

Hospital de Campanha do Hangar 

O Hospital de Campanha do Hangar tem capacidade para expansão de até 420 leitos (clínicos e de UTI). O Governo do Pará informa que os níveis de oxigênio no Estado seguem regulares, atendendo todas as demandas.

Foto: Marcelo Seabra/Agência Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.