Santarém: Câmara volta a realizar sessões remotas 

Diante do alto risco de infecção pela Covid-19 na região do Baixo Amazonas e das recomendações nos decretos Estadual e Municipal, que tratam sobre restrições a eventos que possam causar aglomerações, a Câmara Municipal de Santarém publicou duas novas portarias.

A primeira trata sobre a suspensão das sessões ordinárias presenciais no Plenário e reabertura de sessões remotas pelo prazo de, pelo menos, 15 dias. A medida também inclui o uso da internet pelos parlamentares para envio de trabalhos. O modelo já foi adotado em 2020, em virtude da primeira onda de casos do novo coronavírus.

A segunda portaria trata sobre a mudança na rotina interna de trabalho. Além dos vereadores, servidores passarão a cumprir uma rotina de serviço restrita.

O horário de expediente passa a ser das 8h às 12h para todos os serviços internos da Casa. A Estrutura Administrativa deve realizar revezamento de escala de serviço por departamentos, a serem organizados pelas respectivas chefias e coordenadorias. Os gabinetes, da mesma forma, devem organizar seus expedientes, deixando à disposição do público canais de comunicação como números de telefone e email.

 O documento dispõe ainda acerca dos funcionários que estejam nos grupos de risco, para que realizem suas atividades exclusivamente na modalidade “home office”.

As determinações já têm validade a partir desta segunda-feira (25) e hoje será realizada a primeira sessão remota desta 19ª legislatura.

Foto: Rafael Batista

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.