Idosos acima de 80 anos começam a ser imunizados contra Covi-19 em Santarém

Ao todo, 4.070 doses foram destinadas à Santarém para imunizar os idosos com mais de 80 anos, grupo prioritário da segunda fase do Plano Nacional de Vacinação.

O diretor de Vigilância em Saúde da Sespa, Denilson Feitosa, explica que a segunda etapa do plano de imunização foi antecipada nas regiões que estão em estado crítico devido ao aumento do número de casos e internações. “Houve uma antecipação da segunda etapa, para uma população específica acima de 80 anos, que são as pessoas que estão mais suscetíveis a necessitarem de internação […] O estado é responsável por essa logística de distribuição e a medida que chegam as doses nesses municípios são eles os responsáveis em vacinar essa população alvo”, disse o diretor. 

Em Santarém, as vacinas estão sendo distribuídas entre as 28 Unidades Básicas de Saúde (UBS) localizadas na zona urbana. Nos próximos dias, gradativamente, as unidades da região de Planalto e de Rios também receberão suas doses.

Na zona urbana, a imunização ocorre a partir desta quarta-feira (3), no período das 14h às 17h, quando o fluxo de pacientes costuma ser menor.

Para receber a vacina, os idosos precisam ir até à Unidade Básica de Saúde e apresentar a Carteira do idoso, o Cartão do SUS e o CPF. Já aqueles que estiverem em casa, acamados ou com dificuldade de chegar até a unidade de saúde, poderão ser imunizados em casa pelas equipes que atuam na Estratégia em Saúde da Família. Os profissionais seguem protocolos de segurança, que garantem a saúde do idoso e dos profissionais.

“Estamos dando continuidade ao Plano Nacional de Vacinação contra a Covid-19 em nosso município, disponibilizando as doses conforme o repasse e os grupos prioritários. Iniciamos vacinando profissionais de saúde, idosos em asilos ou instituições permanentes e indígenas aldeados.  Dessa vez, serão os idosos acima de 80 anos. Portanto, informamos que já recebemos as doses e que estamos preparando as UBS’s para viabilizar a imunização desse grupo. Ressaltamos para que fiquem atentos aos horários e aos documentos necessários”, concluiu Marcela Tolentino, Secretária Municipal de Saúde.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.