Santarém: Para impedir descumprimento do lockdown, quadras, academias públicas e campos de futebol são interditados

A proibição de uso dos espaços públicos para a prática de atividades físicas e esportivas já estava em vigor em Santarém, desde 22 de janeiro, quando o governo do estado mudou a classificação de risco da região do Baixo Amazonas de laranja para vermelha.

No Início desta semana, segunda-feira (1º), entrou em vigor um novo decreto que novamente mudou a classificação de risco da região, que passou de bandeira vermelha para preta. A medida endureceu ainda mais as regras de restrição e determinou o lockdown.

No entanto, a população estava desrespeitando o decreto e saindo de casa para frequentar quadras, academias públicas e campos de futebol, por isso, foram necessárias medidas mais rígidas. Os locais foram trancados com cadeados, contornados com fitas de isolamento e afixados comunicados com os artigos 16 e 17 do Decreto Municipal 595/2021, que determina a interdição de campos de futebol, quadras, ginásios, academias públicas e demais, inclusive para atividades individuais, além da proibição de treinamentos, competições, campeonatos e similares dos times de futebol profissional e amador. Quem descumprir está sujeito a advertência da Polícia e/ou multa.

A ação também é baseada na última atualização do Decreto Estadual 800/2020, estabelecido como estratégia para resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação do novo coronavírus.

O gestor da Semjel, Esequiel Aquino, esteve à frente da ação. “Fomos até os espaços e conversamos com as pessoas informando sobre as medidas. Já havíamos trancado as quadras, mas ainda assim as pessoas entravam. Então nós pedimos para que a população respeite as determinações ficando em casa e não causando aglomerações. A conscientização ainda é a nossa maior arma contra essa luta.”

“Além disso, temos 63 times de futebol de salão e vôlei que utilizam esses espaços. Para todas essas pessoas foi enviado um comunicado pedindo a colaboração. Tudo para dar cumprimento ao decreto e realmente conscientizar a população”, finalizou Esequiel.

Fonte e foto: Ascom/Prefeitura de Santarém

BAIXO AMAZONAS EM BANDEIRA PRETA: POPULAÇÃO DEVE RESPEITAR LOCKDOWN

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.