Santarém perde César Brasil. O artista morreu com sintomas de Covid-19 

O cantor e compositor santareno que tinha o dom de transmitir alegria com a música, nos deixou no domingo (7). César Brasil enfrentava os sintomas da Covid-19 em casa. Ele apresentou piora no quadro e foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu.

César era um dos grandes nomes da música regional e chegou a receber o apelido de Pinduca santareno, devido sua admiração ao ídolo do carimbó.

No palco, se destacava com a alegria que transmitia em cada apresentação e com gorro excêntrico, que se tornou uma marca registrada.

Uma de suas últimas apresentações no palco foi na Casa de Cultura. Ele e outros artistas do cenário local realizaram um show musical sem público para comemorar o aniversário de Santarém. O show foi transmitido pelo youtube e facebook. 

O artista também era famoso pela composição de jingles políticos. Ele também compôs músicas para os três times de futebol santarenos e entrou para a história do carnaval local com suas marchinhas carnavalescas. 

Neste ano, deu uma entrevista à imprensa local e falou sobre a esperança de voltar à vida normal com a chegada das vacinas. Sua ultima composição foi a música “Use máscara”.

Foto: Redes sociais/Reprodução

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.