Oriximiná vai acatar suspensão de serviços não essenciais a partir de sexta-feira

Depois de recorrer contra a decisão judicial favorável a Ação Civil Pública movida pela Promotoria de Justiça do município para suspensão das atividades não essenciais, o prefeito de Oriximiná anunciou que as atividades não essenciais serão finalmente suspensas, como medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o prefeito, o decreto com regras mais rígidas de circulação de pessoas foi publicado hoje e entrará em vigor na sexta-feira (12). William Fonseca disse ainda que o documento vai proibir a venda de bebidas alcoólicas no município.

Oriximiná era a única cidade do Baixo Amazonas enquadrada na classificação de bandeira preta, que ainda não havia aderido às regras do decreto estadual 800/2020, mas na sexta-feira (5) a justiça determinou a adoção do lockdown, por parte do município, com restrição de circulação de pessoas e fechamento das atividades não essenciais pelo período de 15 dias. A decisão foi proferida pelo juiz Ramiro Almeida Gomes.

Foto: Site da Prefeitura de Oriximiná

Justiça determina que Oriximiná deve cumprir lockdown 

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.