Suspeitos de assassinar um jovem por engano no início de janeiro são presos

Uma operação foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (18) para cumprimento dos mandados de prisão dos três suspeitos de assassinar Elieldo Castro Rego, de 23 anos. De acordo com as investigações, o jovem mototaxista teria sido morto por engano no dia 3 de janeiro. Mas seu corpo só foi localizado 12 dias depois.

Ronildo Arruda Silva, conhecido como Roninho, foi preso em sua residência, no bairro Área Verde, e Weverton Nonato Floriano, foi preso no bairro da Prainha. Já o terceiro suspeito, Tiago Viana Feitosa, foi preso por uma equipe da Força Nacional na cidade de Goiânia (GO).

Os três devem responder pelos crimes de homicídio qualificado por motivo fútil e ocultação de cadáver. 

A vítima foi vista pela última vez em um bar, localizado no bairro Amparo. Imagens de câmeras de segurança registraram o jovem entrando em um carro acompanhado de três homens. O corpo do jovem foi encontrado no dia 15 de janeiro em avançado estado de decomposição. Ele foi amarrado com as próprias roupas.

Foto: Redes Sociais/Reprodução

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.