Ministro da Saúde anuncia envio de 1,5 milhão de doses da vacina contra covid-19 ao Pará

O Estado deve receber as doses da vacina contra covid-19 até o dia 30 de março, sendo que a primeira remessa será entregue até 24 de fevereiro. A informação foi confirmada pelo ministro da Saúde, durante visita à Santarém, na tarde da quinta-feira (18).

Eduardo Pazuello participou de uma reunião com o governador do Pará , Helder Barbalho, com os prefeitos dos municípios do Baixo Amazonas e com outras autoridades para tratar sobre a situação epidemiológica da região. Na oportunidade, ele confirmou o envio das 1,5 milhão de vacinas para imunizar a população paraense.

Durante a reunião, o governador questionou ao ministro o número insuficiente de vacinas que o Estado tem recebido do Ministério da Saúde. Mesmo com a nona maior população do Brasil – 8.702.353 habitantes -, o Pará é o estado que recebeu, proporcionalmente, a menor quantidade de vacinas contra a Covid-19. O Governo Federal enviou 315.840 doses, suficientes para imunizar apenas 2,10% da população, o que coloca o Estado em último lugar no ranking nacional da vacinação. 

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, informou que o órgão enfrenta problemas na distribuição das vacinas, mas que em março isso deve ser contornado, visto que o País já recebeu insumos para começar a produzir as vacinas contra a Covid-19. “Em março, entramos na produção plena da Fiocruz, Butantan e das compras. A intenção é chegar em 40 milhões de doses. O Pará tem 4% da população do Brasil, com esse quantitativo de vacinas conseguiremos enviar 1,5 milhão para cá”, informou Pazuello. 

Como medida preventiva, Eduardo Pazuello adiantou ainda que o Ministério da Saúde vai enviar 10 mini usinas de fabricação de oxigênio para o oeste do Estado e ilha do Marajó. Os equipamentos devem ser entregues no prazo entre 45 e 60 dias. 

Fonte e fotos: Agência Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.