Santarém deve passar a contar com ‘Patrulha Maria da Penha’

A estratégia está em fase de planejamento. Uma reunião remota, convocada pela Vara da Violência Doméstica de Santarém na última segunda-feira (22), tratou sobre a implementação da Patrulha Maria da Penha na Comarca de Santarém.

O objetivo é reforçar o trabalho de apoio e proteção às mulheres vítimas de agressão física e psicológica, evitando o feminicídio e demais crimes.

Participaram da reunião representantes do Judiciário, legislativo, Segurança Pública, das prefeituras e Assistência Social dos municípios de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos e a Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica do Tribunal de Justiça do Estado do Pará (Cevid).

Na ocasião, representantes de Belém, Marabá e Itaituba socializaram como foi realizada a logística para a efetivação do serviço nos respectivos municípios, com destaque para a necessidade de uma parceria entre os poderes com a força policial para executar o projeto.

Foram pontuados pelos municípios que já implantaram o programa, os efeitos positivos nos casos de violência doméstica após adesão, que usaram também de tecnologia por meio de um aplicativo para fortalecer a eficácia do projeto. 

Um novo encontro remoto deve ocorrer no dia 09 de março, para firmar as parcerias necessárias para a implantação do serviço em Santarém.

Foto: Ascom/Prefeitura de Santarém

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.