Forças de segurança fazem operação surpresa em praias de Santarém para evitar aglomerações

Uma força tarefa formada por Policiais e Bombeiros Militares realizou uma operação surpresa na tarde deste domingo (28) para evitar aglomerações em praias de Santarém. A medida tem como objetivo reduzir os riscos de disseminação do novo coronavírus.

A Região Oeste do Estado está em bandeira vermelha, o que significa alto risco de infecção. Por isso, a utilização de praias, balneários e lagoas está proibida. 

A operação foi realizada nas praias de Alter do Chão, Ponta de Pedras, Maracanã, Maria José, Pajuçara e Carapanari. Os militares chegaram aos locais de lancha. No balanço, aproximadamente 150 pessoas foram abordadas e receberam orientações quanto a necessidade de distanciamento, cumprimento de protocolos sanitários e proibição de permanecer no local. 

A abordagem educativa envolveu banhistas e comerciantes que estavam na praia. Houve um caso em que uma família completa, com mais de 10 integrantes, foi orientada a deixar a praia. Em nenhuma das abordagens houve resistência. 

O sargento do Corpo de Bombeiro Militar, Deonildo Gomes, reintegrou a importância da atuação conjunta entre as forças de segurança pública. “Operação com intuito de orientar o povo santareno no cumprimento do decreto de interdição das praias e aglomerações para salvar a vida dos próprios cidadãos”, disse. 

“As pessoas foram receptivas, compreenderam a abordagem e a orientação”, completou. Já o cabo da Polícia Militar, Madson Santos, relembrou que o município saiu recentemente do lockdown. “Essas restrições precisam ser cumpridas. A maioria das pessoas têm entendido e são poucas as que têm vindo para praia”, analisou.

Fonte: Leonardo Nunes e foto: Marcelo Seabra/Agência Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.