Operação ambiental apreende 10 toneladas de pirarucu e quase 300 kg de carne de jacaré e capivara no Pará

A operação ocorreu na sexta-feira (26) no rio Amazonas, entre a divisa dos municípios de Prainha e Porto de Moz. Em duas embarcações, os agentes ambientais flagraram o transporte de aproximadamente 10 toneladas de pirarucu salgado, 436 kg de pescado das espécies tambaqui, curimatã, pacu, surubim, aracu e um tracajá.

Carnes de caça também foram apreendidas na operação. Ao todo, foram 160 kg de carne de capivara e 135 kg de carne de jacaré.

O produto de origem de atividade ilegal foi apeendido pela equipe de fiscalização e os infratores foram autuados em flagrante e multados em R$ 365.620 mil.

As embarcações, que seriam do município de Igarapé-Miri e de Almeirim, estavam nas proximidades da Reserva Extrativista “Verde para Sempre”.

O pescado foi doado para comunidades ribeirinhas da Resex e para a Prefeitura Municipal de Porto de Moz, que distribuiu para a população. Já a carne de caça foi descartada.

Sobre a Operação

A Operação ‘Águas Claras’ combate crimes de pesca ilegal nos rios e lagos das Reservas Extrativistas “Renascer” e “Verde para Sempre”.

As ações do Instituto Chico Mendes (ICMBio) contam com a participação e apoio do Ibama, da Operação Rios Federais e dos Policiais Militares da 1ª CipAmb.

Foto: ICMBio/Divulgação

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.