Usuárias do CRAS Urumari aprendem a confeccionar sacolas reutilizáveis para melhorar a renda da família 

Usuárias do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) participaram de aulas de confecção de sacolas reutilizáveis no bairro Urumari.

O objetivo é apresentar uma oportunidade de negócio sustentável para os participantes, visto que a distribuição de sacolas plásticas  em supermercados no Pará foi proibida por lei desde o início de fevereiro e a procura por sacolas reutilizáveis deve aumentar no estado.

A usuária do Cras Urumari, Domingas da Paixão, de 70 anos, participou da oficina. “Com esses ensinamentos estou conseguindo produzir bastante e essa renda extra irá me ajudar”, argumentou a aposentada, que vende cada peça por R$15.

“Nós unimos as alternativas ecológicas para evitar o consumo excessivo de sacolas plásticas com a oportunidade de renda, além de incentivar as pessoas a adotarem uma nova postura com relação ao meio ambiente”, informou a coordenadora Jéssica Bentes.

Maria Madalena Moura Andrade, de 62 anos, também é usuária do Cras e contou sobre as aulas de produção das ecobags. “Com a sacola em tecido nós iremos ajudar na proteção do meio ambiente e ainda iremos conquistar uma renda extra”.

“Mesmo com a crise vivenciada pela pandemia, nossas equipes estão sempre buscando desenvolver atividades que contribuam, principalmente, com a geração de renda. Dessa vez incentivando a preservação do meio ambiente. Com as ecobags estimulamos a não utilização de sacolas plásticas e respeitamos a legislação”, observou a secretária municipal de Trabalho e Assistência Social, Celsa Brito.

Os demais Cras da cidade também estão incentivando os usuários na produção das ecobags.

Fotos: Ascom/Prefeitura de Santarém

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.