Um ‘drive thru’ diferente. Ribeirinhos formam fila de pequenas embarcações em Santarém, na Amazônia, para receber a vacina contra covid-19

Para garantir a imunização da população ribeirinha com mais de 70 anos, a Secretaria Municipal de Saúde decidiu realizar um drive thru diferente. Ao invés de aguardar pela vez dentro do carro, os ribeirinhos da faixa etária convocada fizeram uma fila de pequenas embarcações para receber a vacina.

Na região do Tapará, durante o período de inverno, a cheia dos rios dificulta a atuação das equipes de saúde porque não existem muitos locais amplos apropriados para garantir a vacinação sem que haja aglomeração, além disso, as pequenas embarcações são o único meio de transporte de quem vive em regiões banhadas por rios.

“Quando chegamos eles já estavam na bajara (pequena embarcação) aguardando e resolvemos vaciná-los lá mesmo por ser mais fácil e pelo fato de também estar chovendo no momento. Eles não tiveram que percorrer longas distâncias andando, muitos tem dificuldade de locomoção. Ao serem vacinados na própria embarcação eles foram poupados até mesmo do risco de algum acidente ao desembarcar, por exemplo”, ressaltou Samia Almeida, enfermeira que atua na UBS Tapará Grande.

Para a região de rios foram destinadas até agora 1.443 doses dedicadas a idosos e profissionais da saúde. Devido à escassez de vacina, o cronograma é montado conforme o município recebe novas doses. Santarém aguarda o repasse de mais vacinas para prosseguir com a imunização de outras faixas etárias, conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI).

Foto: Ascom/Prefeitura de Santarém

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.