PF deflagra Operação Globin

A Polícia Federal deflagrou na terça (20), a OPERAÇÃO GLOBIN, fruto de Inquérito Policial instaurado para apurar a atuação de um grupo criminoso dedicado ao tráfico internacional de drogas, identificado como responsável por 381 kg de cloridrato de cocaína, apreendidos pela Polícia Federal no interior de uma residência no Distrito de Mosqueiro, em Belém/PA, no dia 17 de julho de 2019.

Trinta e três policiais federais estão dando cumprimento, em Ananindeua/PA, Benevides/PA e Abaetetuba/PA, a 6 Mandados de Busca e Apreensão e 2  Mandados de Prisão Preventiva, expedidos pela 3ª Vara Criminal Federal.

A Operação Globin é pioneira no Estado do Pará, representando um marco no combate ao tráfico transnacional de drogas, com foco, principalmente, na descapitalização do narcotráfico, através do sequestro de bens móveis e imóveis.

A Polícia Federal no combate ao tráfico de drogas, além de realizar apreensões de entorpecentes e prisões de criminosos, tem voltado sua atenção, especialmente, para a descapitalização dessa atividade criminosa, como medida eficaz na desestruturação dessas atividades.

Durante as investigações, a PF observou que a associação criminosa usava um aplicativo de criptografia para tratar sobre atividades ilícitas, utilizando também um complexo sistema de financiamento ao tráfico de drogas que movimentou mais de oitenta e nove milhões de reais.

A Operação Globin logrou êxito no deferimento judicial de medidas de sequestro de bens móveis e imóveis avaliados aproximadamente em vinte e dois milhões de reais, referentes a prédios, casas, cotas de apartamentos em Resorts de Luxo, entre outros.

Os valores sequestrados serão destinados aos cofres públicos para implementação de políticas públicas voltadas especialmente a projetos de reaparelhamento e custeio das atividades de fiscalização, controle e repressão ao uso e ao tráfico ilícito de drogas, assim como programas de prevenção, atenção, cuidado, tratamento e reinserção social de usuários de drogas.

Fonte e fotos: Comunicação Social da Superintendência da Polícia Federal no Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.