Pacientes com covid-19 internados na UPA de Santarém ganham “Prontuário Afetivo”

O prontuário médico é o documento usado pelos profissionais de saúde para anotar informações a respeito do quadro clínico dos pacientes, mas há uma semana um projeto criou um novo significado para os prontuários das pessoas internadas na UPA de Santarém, em tratamento contra a covid-19.

Além do prontuário padrão, os pacientes ganharam um ‘Prontuário Afetivo’. Nele, os profissionais de saúde conhecem a personalidade dos pacientes com informações relacionadas aos seus gostos e hobbies. As anotações são fixadas próximas aos leitos.

A paciente Gelza Sousa, de 50 anos, veio de Alenquer para Santarém em busca de atendimento na UPA devido ao agravamento da doença e aguarda transferência para um Hospital de alta complexidade. Através do ‘Prontuário Afetivo”, a equipe de saúde descobriu que a senhora é mãe de seis filhos e avó de um netinho que a aguarda ansioso pelo seu regresso. Dona Gelza também é devota de Santo Antônio. Entre as frases que pediu para anotar em  seu prontuário está “Deus é todo poderoso” e “Eu vou superar tudo isso”.

A responsável pela ação é a psicóloga da Unidade, Ariane Macedo, que destaca como o projeto tem atingido não apenas os pacientes, mas também os colaboradores, aumentando a interação e o contato entre ambos. “A intenção é gerar afeto, carinho, atenção e a proximidade entre pacientes e a equipe multiprofissional. Além disso, gerar um ambiente de personalização do atendimento, o qual aumenta o acolhimento, o carinho e o amor”, explicou.

De acordo com a psicóloga, os prontuários são construídos a partir do diálogo com os pacientes e familiares onde são descritos os gostos, desejos e as peculiaridades dos internados.

Foto: Ascom/Prefeitura de Santarém

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.