Vigilância sanitária interdita barraca onde ocorreu uma festa clandestina no final de semana

A Vigilância Sanitária interditou uma barraca na praia do Maracanã, em Santarém, na noite do último domingo (25), durante fiscalização da operação “Cadê a Máscara”. De acordo com o coordenador da Vigilância, Marcelino Xavier, havia uma festa sendo realizada no local com muita aglomeração, o que não é permitido.

Com o apoio da 2ª Cime, os agentes de fiscalização interditaram o espaço e o proprietário foi intimado a comparecer à Vigilância Sanitária para prestar esclarecimentos.

O Decreto Municipal vigente autoriza o funcionamento de bares, desde que não seja ultrapassado o limite máximo de 50% da capacidade total de lotação dos estabelecimentos.

Para o coordenador da Vigilância Sanitária, desde que houve a mudança de bandeiramento na região do Baixo Amazonas, os agentes têm observado um desrespeito maior aos protocolos de biossegurança. Só na operação do último fim de semana, que iniciou na quinta-feira (22) e encerrou no domingo (25), foram realizadas 37 autuações por não uso de máscaras em vários pontos da cidade e estabelecimentos comerciais e a Vigilância continua recebendo denúncias de festas clandestinas na cidade.

Para contribuir com o trabalho dos agentes, ao fazer a denúncia de festas clandestinas ou de outras irregularidades, a população pode enviar vídeos, fotos e o endereço correto do local para o número 99159-5281.

Foto: Vigilância Sanitária/Divulgação

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.