Pequena embarcação com família afunda no Rio Trombetas e uma mulher perde a vida

O naufrágio ocorreu na segunda-feira (26) à noite, no município de Oriximiná, durante uma forte tempestade. Uma mulher de aproximadamente 40 anos, morreu afogada após uma embarcação de pequeno porte com motor rabeta afundar no Rio Trombetas.

Haviam um homem, uma mulher e uma criança da mesma família a bordo do barco, que saiu da comunidade Cachoeiras rumo à zona urbana da cidade. De acordo com o Coordenador da Brigada no município de Oriximiná, Gelson Araújo, a criança não sabia nadar, mas conseguiu se manter na superfície boiando sozinha.

O homem que estava na embarcação relatou às equipes de resgate que não conseguiu ver a criança depois do naufrágio e imaginou que ela teria se afogado, então entregou carotes para que sua irmã ficasse segura e depois nadou em direção à um flutuante, mas encontrou a criança viva boiando no percurso.

De acordo com os militares do Corpo de Bombeiros, quando chegaram ao local do naufrágio, familiares já estavam procurando pelos parentes e já haviam tirado a criança e o homem do rio, mas ainda não haviam conseguido encontrar a mulher.

Como a criança bebeu muita água, ela foi imediatamente levada para o hospital pelos brigadistas, que depois voltaram até o local do naufrágio, onde a embarcação e o corpo da mulher foram encontrados.

Naufrágio de pequena embarcação

Gelson Araújo também informou que ninguém usava coletes salva vidas no barco e fez um apelo para que os comunitários que moram na zona rural evitem viagens durante a noite, principalmente durante a chuva e usem sempre os coletes para evitar tragédias como a que aconteceu na noite da última segunda-feira (26) no município.

Fonte: Ednelson Furtado/Correspondente da TV Ponta Negra

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.