Município de Prainha decreta situação de emergência por cheia do Rio Amazonas e afluentes

Nesta sexta-feira (30) a prefeitura de Prainha decretou situação de emergência devido à cheia dos rios e inundações. A decisão foi baseada em estudos técnicos, que apontaram que 1.529 famílias já foram atingidas diretamente pela cheia e 160 casas foram danificadas no município.

Prainha fica localizada na margem direita do Rio Amazonas com extensa área de inundações entre os meses de janeiro a junho. Além do rio Amazonas, os afluentes também têm provocado danos às famílias de mais de 20 comunidades rurais.

Enquanto vigorar o decreto ficam dispensadas de licitação a execução de contratos de aquisição de bens necessários às atividades de respostas ao desastre natural, de prestação de serviços e de obras, desde que sejam concluídas em até 180 dias.

Foto: Alex Ribeiro/Agência Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.