Santarém decreta situação de emergência devido a alagamentos ocasionados pela cheia

Após um levantamento realizado pela Defesa Civil Municipal, a Prefeitura de Santarém decretou situação de emergência.

De acordo com o relatório, aproximadamente 3.568 famílias e 17.840 pessoas foram diretamente afetadas pelos transtornos causados pela cheia sazonal e 892 famílias estão desalojadas em Santarém.

Nas áreas rurais e ribeirinhas, plantações, residências, igrejas, escolas, barracões, comércios foram totalmente inundados e até ficaram submersos devido à subida das águas. O que prejudica a subsistência das famílias afetadas.

Os eventos climáticos também afetaram a área urbana de Santarém. Há vários pontos de alagamento no centro comercial, o que prejudica a economia local.

O Decreto Municipal Nº 842/2021 foi assinado na sexta-feira (14) e já está em vigor. Ele justifica a adoção de respostas rápidas para amenizar os prejuízos ocasionados pela cheia na cidade.

Foto: Ascom/Prefeitura de Santarém

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.