Crime Ambiental: Com poda de mangueiras na avenida Mendonça Furtado, ninhos de garças são destruídos e filhotes morrem. Polícia Civil investiga o caso

Elas deixam ainda mais bela a paisagem de um dos principais pontos turísticos de Santarém. O encontro das águas dos rios Amazonas e Tapajós ganha ainda mais vida e poesia com o contraste das penas alvas das garças, mas nesta semana elas protagonizaram um fato triste e criminoso.

Durante o período da cheia Amazônica, centenas de garças mudam para as mangueiras da avenida Mendonça Furtado, onde se reproduzem e criam seus filhotes, mas na última terça-feira (25) as árvores onde as aves vivem foram podadas e vários ninhos derrubados no chão. Os animais que sobreviveram à queda foram ainda recolhidos junto com os galhos e colocados em caçambas de lixo e levados ao lixão da cidade.

Crime Ambiental: Com poda de mangueiras na avenida Mendonça Furtado, ninhos de garças são destruídos e filhotes morrem. Polícia Civil investiga o caso

A cena chamou a atenção de quem passava pelo local e algumas pessoas registraram e denunciaram. Logo o caso ganhou repercussão na internet e nos canais de imprensa e só depois da repercussão os animais que ainda estavam vivos nas vias e nos canteiros do meio fio foram resgatados e levados para o zoológico da cidade.

Nesta quarta-feira (26) a polícia civil esteve na avenida Mendonça Furtado para investigar o caso. O investigador Paulo Gennaro Moreira, chefe de operações da DEMAPA e da DECA lembrou que a poda ocorreu durante o período de reprodução dos animais e informou que uma perícia foi solicitada.

Já o delegado Jardel Guimarães gravou um vídeo nas redes sociais informando que a Delegacia Especializada já instaurou procedimento criminal para apurar as devidas responsabilidades sobre o crime ambiental.

Nota da Prefeitura

A Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca (Semap), informa que vai ouvir e apurar as responsabilidades dos servidores envolvidos na ação de ontem (25) que ocasionou a queda em via pública de alguns filhotes de garças, decorrência de poda de algumas mangueiras na Av. Mendonça Furtado.

A Prefeitura informa ainda que os animais envolvidos foram capturados por agentes de fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente (Semma) e encaminhados ao ZOOUNAMA para os cuidados necessários. Dentro da Semma está em andamento um processo de remanejamento dos animais para o seu habitat natural.

A Semma ressalta que está criando um grupo de trabalho com outros órgãos, com competências distintas, tendo em vista a complexidade do caso para a dispersão desses animais para locais distantes do centro urbano.

Foto: Redes Sociais/Reprodução

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.