Chegada do verão e bandeira vermelha devem deixar a conta de energia mais cara. Veja como economizar

O mês de junho no Pará é marcado pelas altas temperaturas do início do chamado verão amazônico. Neste ano o período coincide com a bandeira tarifária vermelha patamar 2 vigente em todo o território nacional.  O mecanismo das bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pelo Governo federal para todo o Brasil e indica mensalmente na fatura de energia elétrica se o custo da geração dessa energia teve acréscimo em função das condições de geração de eletricidade.

Diante desse cenário, a mudança nos hábitos domésticos é o grande segredo para economizar. Com temperaturas na casa dos 37° e sensação térmica chegando a quase 40º nos dias mais quentes, o ar-condicionado entra em cena, porém pode ser um vilão do consumo. O correto é utilizá-lo sempre com as portas e janelas fechadas para manter a temperatura e evitar que o ar frio se dissipe.

Deve-se ainda regular a temperatura do aparelho para a média de 22º e preferir os aparelhos que tenham a tecnologia inverter, que faz disparos automáticos do motor conforme a necessidade do ambiente. Outra orientação é limpar sempre o filtro do ar, pois muitas impurezas se acumulam no local, sobrecarregando o equipamento.

O gerente da área de relacionamento com o cliente da Equatorial Pará, Gilliard Vaz, ressalta a importância dos bons hábitos. “Nós sabemos que o verão aqui no Pará tem tido temperaturas cada vez mais altas, e com a família casa, fica ainda mais difícil reduzir o consumo. Por isso, nossa orientação é que inicie com mudanças simples, como apagar a luz ao sair de um cômodo, até que se torne rotina. Aos poucos, insira novos hábitos para que toda a família coopere com a mudança”, explica.

Outro equipamento muito utilizado é a geladeira. O ideal é evitar abrir e fechar a porta muitas vezes. “O correto é abrir, pegar tudo o que precisa de uma só vez e fechar. Na hora de devolver os produtos, faça isso também uma única vez. Evite colocar comidas quentes na geladeira: espere o alimento atingir a temperatura ambiente e, só depois, guarde-o”, completa Gilliard.

A máquina de lavar e o ferro de passar roupas também merecem uma atenção especial quando o assunto é economia de energia. Ao invés de ligá-los o tempo todo, acumule uma grande quantidade de peças para lavar e passar de uma só vez.

Mais dicas de economia 

– Evite dormir com a televisão ligada;

– Troque as lâmpadas fluorescentes pela versão de LED;

– Dê preferência aos equipamentos com etiqueta ‘A’ do Selo Procel, que são os mais econômicos da categoria;

– Desligue ou tire da tomada os eletrodomésticos que não estiverem em uso;

– Não utilize a parte traseira do refrigerador para secar panos e roupas e o mantenha distante da parede, conforme instruções do manual;

– Utilize a capacidade máxima da máquina de lavar.

Foto: Assessoria de imprensa Equatorial Energia Pará

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.