Aumenta o número de atendimentos a pacientes vítimas de imprudência no trânsito no Hospital Municipal de Santarém

Nos últimos 15 dias o Hospital Municipal de Santarém Dr. Alberto Tolentino tem recebido muitos pacientes na urgência e emergência do setor de trauma, o que gerou a superlotação do setor no último final de semana. De acordo com o diretor técnico do hospital, Dr. Vinicius Savino, a superlotação foi gerada pelo aumento no número de vítimas de acidentes de trânsito.

Do dia 18 de maio até o dia 30 do mesmo mês o HMS recebeu 112 pacientes vítimas de acidentes no trânsito. Desses, 102 envolveram motocicletas e 30% foram graves. Cerca de 80% dessas pessoas precisaram ficar mais de 3 dias internadas, gerando acúmulo de pacientes ocupando leitos, sem que seja possível a rotatividade, o que gera a superlotação. 

“Muitos precisam ficar internados mais tempo aguardando transferências para um Hospital de alta complexidade e isso incha mais o atendimento no Pronto Socorro e nas clínicas do HMS. Esse final de semana foi bem difícil para a nossa equipe. Nesse sentido fica o nosso alerta e o nosso pedido à população que tenha mais cautela ao dirigir e que se for beber não conduza nenhum veículo de transporte”, orientou o diretor técnico do HMS.

Perfil das vítimas

No Hospital Municipal de Santarém, 80% das vítimas são jovens entre 18 e 40 anos e todos relataram que houve algum tipo de imprudência no trânsito.

Os pacientes que dão entrada no hospital vítimas de acidentes de trânsito geralmente passam por cirurgias e podem sofrer com sequelas transitórias ou permanentes. “Os motoristas embriagados não só prejudicam a si próprios, mas muitas vezes causam atropelamentos e acabam levando grandes prejuízos para outros”, enfatizou o diretor da unidade.

Fonte e foto: Ascom/Instituto Social Mais Saúde

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.