Sargento da PM é assassinada na BR-163

O crime ocorreu por volta das 21h30 da última terça-feira (20). Maristela Gomes Pantoja, de 49 anos, era policial da reserva, mas trabalhava como segurança particular. Ela fazia a segurança de um caminhão que havia saído de Santarém com destino à Altamira, mas foi interceptado por criminosos armados no km 129 da BR-163, região de Belterra.

Os criminosos seguiram o caminhão em um carro. Dois deles desceram e iniciaram os disparos ao perceber que Maristela estava armada. Houve troca de tiros por aproximadamente dois minutos e a sargento da PM foi atingida quatro vezes.

De acordo com o motorista do veículo que viajava junto com a sargento, os criminosos desistiram do roubo depois que houve a troca de tiros e voltaram para o carro deles. 

Já Maristela foi atingida no queixo, tórax, abdome e coxa. O motorista do caminhão, que não foi ferido, pediu ajuda e a PM ainda chegou a ser socorrida por equipes do SAMU, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do Hospital, em Santarém.

Segundo a polícia, depois da troca de tiros, os criminosos ainda seguiram outro caminhão da mesma empresa, que fazia o transporte de mercadorias, mas também não conseguiram roubar a carga e acabaram fugindo por uma estrada do KM 130.

Foto: Redes sociais/Reprodução

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.