Luto: Morre o grande violinista e compositor Sebastião Tapajós

O mês de outubro começou com uma notícia triste. Aos 79 anos, o violonista e compositor Sebastião Tapajós morreu em um hospital particular de Santarém, no último sábado (02), vítima de um infarto.

Familiares informaram à imprensa que o músico estava internado em um hospital particular para passar por uma cirurgia. O procedimento ocorreu normalmente na quinta-feira (30) e o músico até chegou a receber visitas na sexta (01) e no sábado recebeu alta médica, mas passou mal ainda dentro do hospital. Sebastião foi socorrido e encaminhado rapidamente ao setor de reanimação, mas não resistiu.

‘Tião’ nasceu em uma embarcação que seguia de Alenquer para Santarém, mas escolheu a Pérola do Tapajós para viver e se inspirar. Ainda menino foi apresentado ao violão, que tornou-se seu companheiro inseparável até o fim.

Sebastião era considerado um gênio da música e quem o conhecia costumava dizer que o violão era parte do seu corpo. Ele é reconhecido no Brasil e na Europa, onde morou por muitos anos. Construiu uma sólida carreira internacional, lançou mais de 50 discos, realizou parcerias com importantes nomes da música nacional e internacional, ganhou prêmios e realizou grandes turnês pela Europa.

“A Cultura brasileira está de luto. É uma perda imensa ao mundo artístico. Um grande músico que levou Santarém, Alenquer e o Pará aos quatro cantos da Europa por meio de seu violão e talento. Estamos tristes. Lembramos que tivemos a honra de tê-lo participando da programação de aniversário de Santarém deste ano. Sebastião Tapajós será eternizado pela sua arte e seu talento”, disse o prefeito Nélio Aguiar.

Desde a notícia da morte do artista, vários nomes do meio cultural fizeram homenagens nas redes sociais e no velório, que ocorreu na Casa da Cultura, em Santarém, onde Sebastião Tapajós se apresentou diversas vezes. Em seguida, o cortejo seguiu no caminhão de Bombeiros para a Igreja Matriz, onde foi realizada uma missa de corpo presente. Já a cerimônia de sepultamento, diferente das homenagens, foi mais restrita a familiares e amigos próximos. O artista descansa no cemitério Recanto do Amanhã.

Discografia

Apresentando Sebastião Tapajós E Seu Conjunto (1963 )

Violão e Tapajós (1967) Philips LP

El arte de la guitarra (1971) Trova LP – RP music (Argentina)

Sabastião Tapajós – Pedro dos Santos (1972) Trova LP – RP music (Argentina)

Sebastião Tapajós – Pedro dos Santos vol.2 (1972) Trova LP – RP music (Argentina)

Clásico (1973) Trova LP – RP music (Argentina)

Sebastião Tapajós – Maria Nazareth – Arnaldo Henriques (1973) Trova LP – RP music (Argentina)

Bienvenido (1973) Tapajós LP

Guitarra Fantástica (1974) RCA (Alemanha) LP

Guitarra Latina (1975) LP

Terra (1976) LP

Sebastião Tapajós (1976) APF LP – RP music (Argentina)

Clássicos da América do Sul (1977) LP

Guitarra & amigos (1977) LP

Xingu (1979) LP

Violão & amigos (1979) RCA Victor LP

Sincopando/Zimbo Trio convida Sebastião Tapajós. Sebastião Tapajós e Zimbo Trio (1982) Clam LP

Guitarra criolla (1982) RCA Victor LP

Todos os sons. Maurício Einhorn & Sebastião Tapajós (1984) Barclay/Ariola LP

Rostos da Amazônia [Poemas de João de Jesus Paes Loureiro/Músicas de Sebastião Tapajós] (1985) Phonogram LP

Visões do Nordeste (1986) L’Art Prod./Independente LP, CD

Painel (1986) Visom LP

Villa-Lobos (1987) L’Art LP

Lado a lado. Gilson Peranzzetta e Sebastião Tapajós (1988) Visom LP, CD

Brasilidade. Sebastião Tapajós e João Cortez (1989) Visom LP

Terra Brasis (1989) L’Art LP

Reflections. Gilson Peranzzetta e Sebastião Tapajós (1990) CD

Instrumental no CCBB. Sebastião Tapajós, Gilson Peranzzetta, Maurício Einhorn e Paulinho Nogueira (1993) Tom Brasil CD

Encontro de Solistas (1993) Movieplay CD

Amazônia brasileira. Sebastião Tapajós e Nilson Chaves (1997) Outros Brasis CD

Afinidades. Sebastião Tapajós e Gilson Peranzzetta (1997) Movieplay CD

Ontem e sempre (1997) Movieplay CD

Da Minha Terra – Jane Duboc e Sebastião Tapajós (1998) Jam Music CD

Sebastião Tapajós interpreta Radamés Gnattali e Guerra-Peixe (1998) – CD Independente

Encontro com a Saudade (1998) – CD Independente

Lembrando Dilermando Reis (1999) – Bahamas CD

Do meu gosto. Sebastião Tapajós e Gilson Peranzzetta (1999) – CD Independente

Instrumental Caboclo (1999) – CD Independente

Solos da Amazônia (2000) – CD Independente

Solos (2000) – CD Independente

Acorde violão (2000) Universidade Estácio de Sá CD

Do Meu Gosto (2001) – CD Independente

Solos do Brasil (2001) – CD Independente

Choros e Valsas do Pará (2002) – CD Independente

Cristina Caetano interpreta Sebastião Tapajós & Parceiros (2010) – CD Independente

Sebastião Tapajós: Tempo de Espera (2010) – CD Independente

Conversa de Violões (2011) – Sebastião Tapajós e Sérgio Abalos – CD Independente

Cordas do Tapajós (2011) – Sebastião Tapajós e Sérgio Abalos – CD Independente

Suíte das Amazonas – (2012) – CD Independente

Painel (Remasterização) (2012) – CD Independente

Da Lapa ao Mascote (2013) – CD Independente

Aos da Guitarrada (2013) – CD Independente

Violões do Pará (2014) – Sebastião Tapajós e Salomão Habib – CD duplo

Foto: Reprodução

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.