Caso de homem morto após ser arrastado por bajara continua sendo investigado; Suspeito vai prestar depoimento

A Delegacia de Homicídios da Polícia Civil (DHPC) continua investigando o assassinato de José Miguel, de 41 anos de idade. De acordo com a família da vítima, o homicídio ocorreu por volta de 8h na manhã da última terça-feira (8), mas o corpo foi encontrado só na tarde de quarta (9). O crime aconteceu na Comunidade Jacarezinho, região do Lago Grande, em Santarém. José estava pescando quando os indivíduos teriam efetuado um disparo de arma de fogo contra ele. Além de ser baleado, a vítima ainda teria sido amarrada a uma bajara e arrastada por vários metros pelo rio. Um laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou asfixia como a causa da morte.

Em entrevista à reportagem da TV Ponta Negra, o Sargento Rabelo, comandante do Destacamento da PM responsável pela região onde o crime aconteceu, disse que as diligências foram realizadas e o caso já foi repassado para a Polícia Civil. “A equipe de Destacamento de Vila Socorro iniciou as buscas pelo suspeito assim que foi informada pela família da vítima. Os nossos únicos instrumentos de trabalho são uma picape e duas motocicletas XRE, o que impossibilitou as buscas pelo rio. Nós já informamos a Delegada Raíssa Beleboni, que intimou o suspeito para prestar depoimento na próxima quinta-feira”, informou o sargento.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.