Foragido da Justiça por torturar a namorada é preso na zona rural de Prainha

Foi preso no distrito de Boa Vista do Cuçari, o homem que mantinha a própria companheira em cárcere privado. Além de ameaçar de morte, amordaçar e amarrar as mãos da vítima, Jumar Marques, de 22 anos, esquentava a ponta da faca para queimar o corpo da mulher e chegou a praticar abusos sexuais.

Desde junho de 2021, o agressor era foragido da justiça de Porto de Moz (PA), mas os crimes ocorreram na cidade de Portel (PA), região do Marajó. O homem fugiu daquele município depois que a vítima conseguiu fazer a denúncia à polícia. Ele chegou a trocar tiros com os policiais e depois pulou na água e desapareceu.

Jumar só foi localizado porque alguém fez uma denúncia anônima. Ele estava no distrito de Boa Vista do Cuçari, que pertence ao município de Prainha (PA). A prisão foi realizada por militares do 18° Batalhão da Polícia Militar, que apresentaram Jumar Marques na Delegacia de Polícia Civil de Monte Alegre.

No momento da prisão, Jumar chegou a dar um nome falso para tentar se livrar da cadeia, mas os policiais perceberam e conseguiram identificar a verdadeira identidade do agressor.

Assista a matéria no ROTA

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.